De acordo com a pesquisa Podcast Planner Tool, do The Podcast Host, produtores preferem investir tempo em podcasts ao invés de fazer investimento financeiro. 💵

De acordo com a pesquisa Podcast Planner Tool, do The Podcast Host, produtores preferem investir tempo em podcasts ao invés de fazer investimento financeiro.

Dos 607 entrevistados, pouco mais de 78% deles disseram que preferem gastar tempo do que dinheiro quando se trata de lançar e desenvolver um podcast. 21,4% preferem gastar dinheiro do que tempo.

Ou seja, mais ou menos três em cada quatro podcasters preferem se aventurar nas tarefas de podcasting. A empresa analisou ambos os cenários e deu dicas de como otimizar, de fato, a produção. Confira:

Investir tempo em podcasts

Muitos entrevistados disseram que preferem gastar tempo e esforço em seu próprio podcast, em vez de terceirizar, apostando no investimento financeiro. Quando se opta por gastar tempo em vez de dinheiro no podcast, os benefícios são:

  • Você ganha conhecimento
  • Você pode usar as habilidades que você desenvolve em projetos futuros, expandindo seus próprios horizontes
  • As habilidades não vão desaparecer de repente
  • Você tem maior controle sobre o produto final (embora “perfeito” seja inimigo de “feito”)
  • O podcast tem seu estilo único

Essas são todas as coisas boas que fazem de você um podcaster melhor a longo prazo. No entanto, existem alguns inconvenientes:

  • Você precisa atualizar suas habilidades e manter-se informado
  • Aprender também pode custar dinheiro. Por que não gastar o dinheiro que você gastaria em uma aula para que outra pessoa faça o trabalho?
  • O trabalho extra de aprendizado pode causar burnout
  • Fazer tudo sozinho pode ser solitário
  • Gastar tempo extra para aprender habilidades e praticá-las diminui seu fluxo de trabalho. Mas, uma vez que você sabe o que está fazendo, pode aumentar a frequência de publicação de seus episódios

Investir dinheiro em podcasts

Há muitas boas razões para contratar outra pessoa ou pagar por ferramentas fazerem arefas de podcast que você não gosta.

  • Muito provavelmente a pessoa que você contratar pode fazer o trabalho mais rápido e melhor do que você
  • A experiência confiável leva a um produto confiável
  • Seja lançado e promovido de forma mais rápida e consistente
  • Você pode gastar mais tempo focado no conteúdo do seu podcast
  • É mais provável que você consiga sustentar o podcast a longo prazo

Mas, existem algumas razões para não entregar tarefas para outra pessoa.

  • O valor que você precisará gastar pode ser maior do que o seu podcast rende. Na verdade, especialmente quando você começa, provavelmente será
  • Ao tirar as mãos do trabalho, você tem menos investimento emocional no podcast
  • A pessoa que você contrata sempre pode pedir demissão e você volta para onde começou
  • Se seu relacionamento com eles não for justo e equitativo, eles podem afetar sua reputação
  • Você tem que aceitar que não pode ajustá-lo depois que o contratado terminar a parte dele parte do trabalho
  • O produto final tem menos de você e da sua singularidade

Contudo, após saber as vantagens e desvantagens de cada formato, é preciso saber que existe um meio termo. Aliás, só você saberá qual o meio termo ideal para você.

Aposte em ferramentas gratuitas que você domina para iniciar, depois, para uma próxima temporada, aprenda algo novo em um software mais específico.

Trocar experiências e observar o trabalho de outros produtores também é uma ótima visão. E ainda é possível fazer a promoção cruzada de podcasts, economizando dinheiro ao mesmo tempo que se apresenta a novos públicos.

Deixe um comentário